21
Aug
005

Josh deu uma entrevista para a MTV Act falando sobre seu trabalho com a Straight But Not Narrow, que foi o motivo da sua indicação para o Do Something Awards 2012, e ainda fala um pouco sobre seu próximo projeto, The Hunger Games: Catching Fire.

ACT: Você foi nomeado para o Do Something Awards na categoria de Movie Star: Male, pelo seu trabalho com a Straight But Not Narrow. Conte para nós um pouco sobre o porque de você ser apaixonado por essa causa. O que isso significa para você?
Eu sempre acreditei em me segurar em o que acredito, e eu acredito que todos merecem ter o direito de amar quem quiser, não importa quem seja. SBNN é incrível porque alcança a comunidade de heterossexuais, para que esses possam se levantar e dizer que você tem o direito de ser que você é.

ACT: Muitos adolescentes tem que crescer enfrentando o bullying. O bullying já foi um problema para você? Qual é o conselho que você tem para essas pessoas que passam por isso?
Eu tive muita sorte, nunca tive a experiencia de sofrer bullying na escola, no entretanto bullies existem de muitas formas na vida. Eu acho que a melhor coisa que você pode fazer é ser seguro de quem você é e perceber que essa pessoa que está praticando bullying é a que você deve sentir pena. Bullies são ignorantes.

ACT: Straight But Not Narrow é uma organização que você é muito próximo. Por que você sente que é tão importante para heterossexuais como você tomar uma posição sobre o assunto?
Eu acho que é importante porque eu quero que a comunidade de LGBT saiba que eles tem aliados na comunidade dos heterossexuais. I também sinto que o ódio vem principalmente da comunidade de heterossexuais, então eu acho que alcançar esses ‘haters‘ é importante. Eu tento expandir o horizonte das pessoas.

ACT: O que vem a seguir para a SBNN? Alguma meta que vocês tem a cumprir?
Gostaríamos de ir a escolas de todo o país para falar com as pessoas no GSA’s (Gay-Straight Alliance), ouvir as histórias deles e ajudar a crescer a popularidade entre os adolescente. Também ir a escolas para ajudar a começar com grupos assim seria incrível. Acima de tudo, tentando alcançar mais pessoas para espalhar a importância de ser um aliado nessa causa.

ACT: Se você pudesse tomar café com o presidente o que você compartilharia com ele sobre o que você aprendeu com a SBNN?
Eu aprendi muito sobre como as pessoas lutam durante suas vidas só para serem elas mesmas. Eu também aprendi em primeira mão que sendo um heterossexual aliado a causa pode realmente afetar as pessoas e fazer a diferença.

ACT: Você é um grande defensor dos direitos da comunidade de LGBT e também foi reconhecido pelo GLAAD. Algum conselho de como seus fãs, gays ou heteros, podem se envolver com essa causa?
Eu acho que a melhor coisa que você pode fazer é deixar claro para todos a seu redor que você apoia a comunidade de LGBT. Quando amigos ouvirem que heterossexuais que eles amam apoiam a comunidade de LGBT, vai fazer com que eles se interessem mais, que pode vir a trazer o apoio deles. Também ter uma conversa honesta e aberta com alguém  que não apoia a causa.

ACT: Você pode nos dar alguma pista para os fãs do Peeta sobre o que vai acontecer em The Hunger Games: Catching Fire?
Eu não posso falar nada que seja muito incrível ainda. Só que o script é extraordinário e que eu amo todos os novos membros do elenco. E eu estou ansioso para começar.

Fonte: MTV
Tradução e Adaptação: Hutcherson Brasil

Follow us on Twitter
Por Larissa
21
Aug
051

Como vinhamos comentando em nosso twitter diariamente, Josh estava concorrendo ao prêmio de Movie Star: Male no Do Something Awards 2012 pelo seu trabalho apoiando a organização Straight But Not Narrow. Ele concorria com nomes como, Liam Hemsworth, Andrew Garfield, Channing Tatum e Mark Wahlberg. Com a ajuda de todos os fãs que votaram muito, Josh conseguiu levar mais esse prêmio para casa!

Follow us on Twitter
Categorias Notícias
Por Larissa
19
Aug
050

O site IGN teve a chance de falar com Josh antes do lançamento do DVD de Jogos Vorazes para falar sobre o filme, Em Chamas e sobre suas expectativas para ele.

IGN: Agora que o filme já estreou, como você descreveria a reação dos fãs após vê-lo?
Hutcherson: Tem sido incrível. Eu ainda estou chocado. Eu acho que quando começamos a gravar o filme nós sabíamos que ele tinha vários fãs, mas ninguém esperava ser recebido desta maneira. Então para mim, fazer algo que eu amo, e do qual tenho orgulho, e que as pessoas amam, é um sonho que tornou-se realidade.

IGN: Você se sente bem agora que os fãs te aprovaram como Peeta?
Hutcherson: Me sinto muito bem. Especialmente quando você vê tantas pessoas, que têm opiniões diferentes sobre como o personagem deveria ser. É bom saber que depois tudo, eles estão satisfeitos. É meio assustador quando você está fazendo algo como, “Uau, várias pessoas gostam desse personagem, então espero estar fazendo da maneira certa”. Então estou muito contente, e o resultado foi ótimo.

IGN: Agora que o filme está saindo em DVD e Blu-ray, você sente toda aquela ansiedade novamente?
Hutcherson: Eu diria que sim. É bem semelhante de quando o filme foi lançado, pois há várias pessoas que não puderam ver no cinema e agora irão ver pela primeira vez. Então eu espero que fique legal para eles também. Definitivamente há um pouco daquela ansiedade por saber se as pessoas vão gostar, mesmo que já tenha sido lançado e a maioria gostou. Mas sim, ainda sinto um pouco daquilo “Ai Deus, eu espero que as pessoas gostem,” novamente.

IGN: Você acha que o filme será bom em DVD?
Hutcherson: Sem dúvida. Eu amo assistir filmes em DVD. Eu amo ir ao cinema por causa da pipoca, da telona, do som e o público é ótimo. Mas também gosto de poder sentar e aproveitar o filme na privacidade de minha casa. É muito bom e calmo. Eu sinto que quando vejo no cinema eu estou lá pela experiência, e quando vejo em casa estou vendo por causa do filme, pelo filme em si.

IGN: No DVD tem vários extras, incluindo um por trás das câmeras de 3 horas. Você sabia do documentário quando estavam gravando o filme? Você imaginaria que eles iriam lançar isso?
Hutcherson: Sim, a Lionsgate fez questão de ter certeza que a equipe tivesse várias cenas por trás das câmeras. Mas nunca foi invasivo, o que é bom. Você sabia que eles estavam ali gravando, mas nunca te afetava, o que é bom. Estou muito empolgado para que os fãs vejam como foi desde o início, quando era um livro, através de todo o processo para tornar-se um filme. Porque como um espectador, pra mim isso é sempre interessante. Especialmente com um livro tão popular. Eu acho que é um processo bom de se ver.

IGN: É sempre difícil fazer os fãs do livro também gostarem dos filmes. Você sente que há algo para todos?
Hutcherson: Na verdade eu ainda não vi, então não tenho certeza, mas eu acredito que sim. Eu sei que a Lionsgate trabalhou muito e deram duro para deixar ele bem especial, como um todo, não só em partes. Então eles queriam dar aos fãs e as pessoas que amam os livros uma experiência de perto de como foi criar o filme, para que eles se sentissem como parte da criação. E baseado no que eu ouvi sobre ele e todas as filmagens, eu tenho certeza que conseguiram isso.

IGN: Já que Os Jogos Vorazes é uma trilogia, você manteve na mente uma direção de como Peeta seria durante o primeiro filme?
Hutcherson: Eu tentei não fazer isso, porque os personagens não sabem o que irá acontecer. Então eu achei que seria estranho se eu ficasse muito focado no futuro, porque tiraria aquele momento dos personagens e eles saberiam de coisas que eles não deveriam saber. Assim, obviamente todos nós sabíamos o que iria acontecer, mas eu tentei não pensar muito sobre isso enquanto estávamos gravando. Mas agora que está chegando a hora e nós vamos começar a gravar o segundo, eu mal posso esperar. Não posso parar de pensar nisso. Estou muito empolgado.

IGN: Peeta é um dos personagens mais interessantes da trilogia. Sem estragar para quem ainda não leu, você está empolgado pelo o que está vindo?
Hutcherson: Isso é uma das coisas pelas quais eu estou mais empolgado, o fato que o Peeta tem essa história incrível, e ele realmente passa por uma grande transformação. Quer dizer, no segundo livro, ele se vê em apaixonado por essa garota, e ela finge amá-lo de volta, mas apenas de fachada. E isso é tipo, eu não consigo imaginar como isso doía, ficar com essa garota, andando, se beijando, de mãos dadas e fingindo estar apaixonado, quando na verdade você está apaixonado, mas ela não está. É ótimo para embaralhar a mente, mal posso esperar para interpretar isso, pois será divertido.

IGN: Sim, você meio que se sente mal por ele.
Hutcherson: Sim! Ele é um cara bom. Só quer amor.

IGN: Tirando o fato de você interpretar o personagem, sendo só uma pessoa que assiste a história, você se vê torcendo pelo casal contra o casal Katniss e Gale?
Hutcherson: Honestamente? É difícil dizer. Porque os dois têm coisas que fazem sentido. Gale faz parte da vida da Katniss desde sempre, e eles são muito próximos e agora que estão mais velhos pensam “espera, o que é isso?.” E estão tentando definir essa relação. [Peeta] está muito apaixonado pela Katniss e sabe disso desde a primeira vez que a viu, mas nunca fez nada a respeito. Ele meio que fica a admirando de longe. E ver como esse se desenvolve, é bem intrigante. Então é difícil dizer quem é o vencedor. Eu sinto que só porque o Peeta ama ela desde sempre, e tem esse amo que não acaba e faria tudo por ela, eu torço por ele. Mas ao mesmo tempo, quem pode dizer que o Gale não sente o mesmo? O Gale também a ama. Então é muito difícil dizer.

IGN: Você aprendeu algo no primeiro filme que irá levar para o primeiro?
Hutcherson: Eu acho que eu aprendi principalmente com o elenco. Isso é muito legal, um elenco muito dinâmico e nosso relacionamento foi tão forte, que construímos isso no primeiro filme. Isso é algo que eu vou continuar sentindo com o elenco do segundo filme. E estou empolgado em ter as pessoas novas nesse grupo também. Saber que temos dois filmes para fazer isso, é muito bom, pois é uma boa dinâmica.

IGN: Eu li que você estava treinando na academia para o próximo filme. É isso que você está fazendo no momento?
Hutcherson: É isso que estou fazendo. Estive treinando nas últimas quatro semanas e está indo bem. Estou muito empolgado e muito orgulhoso. Faz um ano desde que filmamos Jogos Vorazes, então estou empolgado para voltar. Meu cabelo está loiro novamente, então tudo está voltando à vida. É muito empolgante.

IGN: Antes de você ir, eu tenho que te perguntar sobre o remake de Red Dawn. Para alguns de nós que têm uma certa idade, o filme original foi marcante. Eu imagino que você sinta uma ansiedade com esse filme também, provavelmente não do mesmo jeito que com Jogos Vorazes.
Hutcherson: Sim, é legal. Meus pais estavam crescendo na época, e fez parte da infância deles, só eu já tinha visto antes de conseguir o papel. Mas sim, tem um conceito legal. Estranhamente, é parecido com Jogos Vorazes de uma maneira, porque essas pessoas estão se juntando para lutar contra algo que é muito mais forte do que eles. É um filme incentivador também. Então eu acho que é um tipo novo de papel. Eu vou pegar todos esses filmes para encorajar as pessoas [risos].

Fonte

Follow us on Twitter
Categorias The Hunger Games
Por Carol
18
Aug
Peeniss

Josh concedeu uma entrevista ao site da Reuters para falar sobre a filosofia de Jogos Vorazes, os filmes e é claro, a relação de Katniss e Peeta. Confira a tradução abaixo:

P: Você teve alguns meses para absorver o sucesso de “Jogos Vorazes.” Você não está surpreso com o sucesso do filme?
R: Ainda me deixa atônito. Eu acho que todos nós saíamos que os livros tinham uma base de fãs enorme, mas eu nunca imaginei que as pessoas fossem loucas assim e que tivesse tanto sucesso. Nosso principal objetivo era fazer um ótimo filme, e eu acho que fizemos.

P: Quais aspectos da história de “Jogos Vorazes” você acredita que mais tocaram os fãs da cultura pop atual?
R: A mídia e os programas de reality são uma grande parte da nossa cultura, e agora estamos vendo isso extrapolar no futuro (no filme)…e a ideia de que existem movimentos ao redor do mundo. As pessoas estão se juntando e lutando por algo que eles acreditam e eu acho que é isso que a história conta. Mais do que nunca, as pessoas têm esse poder e sentem que têm o direito e a necessidade de erguer-se e falar.

P: O DVD vem cheio de bônus como entrevistas, diários em vídeo e um olhar sobre como filme foi criado. De qual desses você acha que os fãs vão gostar mais?
R: Eu estou bem curioso para ver como o livro transformou-se em um filme, e no DVD há uma mini série de oito partes basicamente contando sobre todo o processo do livro para o filme, e isso é bem legal. Dentro disso você verá nossos treinamentos e a criação do roteiro…mesmo tendo vivido isso, estou empolgado para ver no DVD e como foi do início ao fim.

P: Os livros de “Jogos Vorazes” ficam mais obscuros e mais violento conforme a revolução de Katniss cresce contra o regime do presidente Snow. Como você acha que isso será retratado nos filmes, que são para maiores de 14?
R: Nós não tiramos a parte violenta, mas ao mesmo tempo, não deixamos isso tão gráfico. Então, eu acho que será similar no segundo filme, se tratando da ação. Quanto a história que vai ficando mais obscura, eu acho que às vezes a vida pode ficar bem escura, triste e bem real, e eu sinto isso na maneira em que o livro foi escrito, Suzanne fez isso ser real. Isso é algo que os jovens puderam ver…a história é sobre esperança e a luta contra algo. Mesmo que as coisas fiquem difíceis de vez em quando, ainda há uma luz, Katniss, e sua habilidade de tentar começar esse movimento para lutar.

P: Falando sobre Katniss, você e Jennifer levaram o MTV Movie Award por Melhor Beijo em Junho, que era dominado pelos vampiros de “Crepúsculo” nos anos anteriores. Foi bom vencer?
R: Jennifer e eu somos bons amigos. Uma das coisas mais difíceis para nós foi fingir que estamos apaixonado para o filme. Parece bobo de vez em quando, porque estamos nos amando na vida real como bons amigos e mudar essa dinâmica nos fazia pensar “será que podemos fazer isso? Somos tão bobos e brincalhões juntos, será que podemos mesmo fingir que estamos apaixonados de verdade? É bom ver que as pessoas acreditam que sim, podemos.

P: O que você mais está empolgado para explorar em “Em Chamas”?
R: A relação de Katniss e Peeta, porque Peeta ama a Katniss e não consegue não amá-la. Ao mesmo tempo ele sente que Katniss só está jogando para os outros, quando na verdade não sente nada por Peeta. Como uma ator, é difícil interpretar isso, mas será divertido e desafiante. Mal posso esperar para entrar nesse aspecto.

Fonte

Follow us on Twitter
Por Carol
17
Aug
Josh CF

O Yahoo! Movies entrevistou Josh Hutcherson e durante a conversa, Josh fala sobre o roteiro de Jogos Vorazes: Em Chamas. Confiram a entrevista abaixo:

Sobre o início do trabalho no segundo filme:
“Estou muito animado de estar finalmente aqui, finalmente chegou o tempo de começar a fazer. Eu não posso esperar para chegarem as filmagens.”

Sobre o roteiro de Em Chamas:
“Eu tenho em mãos um roteiro incrível. Eu o amo tanto. Falamos sobre como era importante realmente fazer a versão cinematográfica do livro e que era o objetivo de Francis desde o primeiro dia – e o roteio definitivamente retrata isso. É uma representação muito fiel ao livro.”

Sobre a relação Peeta – Katniss – Gale:
“É uma posição difícil que eu sei que Peeta é posto, que ele está amando esta garota e ela age como se estivesse apaixonada por ele, mas ele sabe que ela não está – e isso é doloroso. Como ator, é algo que eu estou realmente animado para interpretar, porque é uma emoção conflitante … É muito conflitante,confundindo um tipo de coisa, e eu não posso esperar para intepretá-lo. É muito, muito intenso e emocionante, eu acho. “

A forte heroína feminina:
“Peeta fica meio que em um lugar errado e na hora errada, e ele fica um pouco magoado,” Hutcherson diz com uma risada. “Eu acho que é bom ter uma heroína que intensifica, porque isto é real. Não é sempre a menina que se machuca na história e o homem que tem de protegê-la. Não é assim que funciona. Então é bom ter uma opinião diferente sobre isso.”

Fonte

Follow us on Twitter
Categorias Catching Fire
Por Carol
15
Aug
Teachers

Josh compareceu na noite de ontem ao CBS’ Teacher’s Rock Special Live Concert, um evento musical que beneficia os professores e a educação do país. Confira as fotos em alta qualidade abaixo:

CBS’ Teacher’s Rock Special Live Concert

CBS’ Teacher’s Rock Special Live Concert – Show

Follow us on Twitter
Categorias Fotos
Por Carol

Page 46 of 65« First...102030...4445464748...60...Last »





ÚLTIMAS IMAGENS



STATUS

Nome: Hutcherson Brasil
Desde: 07.05.2012
Webmiss: Larissa e Carol
Host: Flaunt.nu
Contato: contato@hutcherson.com.br


INTERNACIONAL


PROJETOS
Paradise Lost
Personagem: Nick
Estréia: Sem previsão
Status: Pós-produção



FACEBOOK



PARCEIROS


AFILIADOS


FOTO DESTAQUE


TWITTER



DISCLAIMER

Nós do Hutcherson.com.br não temos nenhum contato com o Josh, muito menos com alguém próximo dele. Somos apenas um site, feito por fãs, que deseja passar informações sobre o ator, para os fãs. Não copie nada sem dar os devidos créditos.










ÁREA RESTRITA

Login Wordpress

REDES SOCIAIS

Twitter
Facebook
YouTube


JOSH HUTCHERSON

Biografia
Filmografia
Curiosidades
Prêmios e Indicações

GALERIA

Página Inicial
Últimas Adicionadas
Mais Vizualizadas

NOTÍCIAS

Últimas Notícias
Vídeos
Fotos
Artigos

SITE

Equipe
Contato
Promoções



Todos os Direitos Reservados © JoshHutchersonBrasil.com · Hutcherson.com.br Visitas ·